GESTÃO DE ESTOQUE – Entradas e Saídas de Mercadorias

R

Cadastros inteligentes e intuitivos

R

Entrada de Saída de Mercadorias

R

Controladoria de Estoque

R

Pedidos de Compra

R

Emissão de NFe

R

Conferência Cega

R

Controle de Vasilhames

R

Balanço

Para a operação de uma loja fluir sem percalços, devem-se determinar processos adequados que mantenham uma gestão de estoque eficiente.

Os empreendedores sabem que o sucesso de um negócio depende de uma série de fatores e cuidar da saúde financeira é muitas vezes como aquela antiga brincadeira de palitos: ao puxar um de forma errada, todos os demais despencam. Um desses palitos dentro da empresa é a gestão do estoque, e não é missão tão fácil equilibrar o volume de mercadorias com a quantidade de vendas de forma a evitar prejuízos.

Manter um estoque eficiente depende fundamentalmente de levantamentos dos números de vendas em períodos anteriores, e é até uma conta simples a se fazer: basta dividir o volume total de determinado produto pelo tempo que levou para vender, assim se obtém a média de giro de estoque. Porém, há outros fatores que influenciam no controle de estoque de supermercados e em outros ramos de atividade.

Além de conhecer os números de entrada e saída, é primordial observar todos os detalhes do próprio negócio em relação às atividades de marketing, tecnologias disponíveis, inventários, negociações comerciais e financeiras e procedimentos realizados pelos seus colaboradores, como reposição nas gôndolas e outros.

Soluções em Sistemas